Histórico do Programa

A Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV), é uma unidade pertencente à Universidade Estadual Paulista (Unesp), localizada no Campus de Jaboticabal, SP.

          A Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias foi criada em 25 de junho de 1964 sob a denominação de Faculdade de Medicina Veterinária e Agronomia de Jaboticabal, tendo iniciado, contudo, o Curso de Graduação em Agronomia somente após 2 anos. Os cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia apenas bem mais tarde tiveram seu início, realizando os exames vestibulares em julho de 1971.                      

          Como todo início, inúmeras dificuldades advieram, principalmente de ordem econômica, mas que paulatinamente foram superadas quando, então, a Faculdade experimentou uma ampliação em sua área física construída bem como a titulação de seus docentes e, muito importante, a sua consolidação na pesquisa.

          Em continuidade com sua evolução, em agosto de 1976, tiveram início os cursos de Pós-Graduação de Produção Animal e Produção vegetal em nível de Mestrado e posteriormente, em novembro de 1983, em nível de doutorado.

          Um melhor equacionamento dos cursos de Pós-Graduação veio através da Resolução UNESP nº 44 que estabeleceu três cursos de Pós-Graduação em Ciências Agrárias, quais sejam Agronomia, Zootecnia e Medicina Veterinária, cada um deles com várias áreas de concentração.

 

Microbiologia Agropecuária

          Paralelamente aos fatos citados, enumerados anteriormente, que se basearam no ?Histórico? do Prof. Dr. Nelson Moreira de Carvalho (Cursos de Pós-Graduação, 1955), inúmeros outros eventos podem ser acrescidos. Dentre eles, de grande importância, foi a criação, em 8 de agosto de 1977, segundo Portaria da Diretoria nº 051/77, do Departamento de Microbiologia (atualmente incorporado em outro departamento) junto a esta Faculdade.

          Este Departamento reuniu os pesquisadores em Microbiologia antes ligados aos três Cursos de Graduação ministrados nesta Faculdade, isto é, Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia. Esta medida trouxe um efetivo reconhecimento a esta área num ambiente em que o forte são as Ciências Agropecuárias.

          Vale salientar que outros estabelecimentos de ensino e pesquisa mais antigos que o nosso não tiveram esse privilégio. Além do mais, permitiu a reunião de pesquisadores dentro do mesmo campo de pesquisa qual seja a Microbiologia. Foram agregados professores com diferentes formações universitárias que ministram as disciplinas de Microbiologia Agrícola, Microbiologia Veterinária e Microbiologia Zootécnica, respectivamente, nos três cursos já citados.

          Os tópicos ministrados nestas aulas têm versado sobre os conhecimentos básicos da Microbiologia, permitindo ao aluno o reconhecimento, a caracterização, o estudo da fisiologia, da genética e da bioquímica e a aplicação dos microrganismos. Não foram incluídos assuntos de patologia que são tratados em disciplinas específicas, ministradas por professores de outros departamentos. Ainda em nível de graduação, foi criada por este Departamento a disciplina optativa Microrganismos Entomopatogênicos, incluída na estrutura curricular fixada pela Resolução UNESP nº 72 de 11/12/1990, tendo sido ministrada pela primeira vez apenas em 1994 para os alunos ingressantes em 1991, no 8º período escolar.

          A consciência da existência de uma lacuna relativa a uma especialização na área de microbiologia e as conseqüências nefastas previsíveis dentro da ciência foi sentida no Departamento. Em decorrência, o Conselho Departamental em sua reunião de 24 de abril de 1992, resolveu dar ênfase a possibilidade de criar um curso de Pós-Graduação em Microbiologia.

          Estudos e contatos foram feitos nesse sentido. O projeto correspondente, após a tramitação legal, foi finalmente aprovado, tendo a Resolução UNESP 35 de 28/06/1995, publicada no Diário Oficial do Estado de 29/06/1995, autorizando o funcionamento do curso de Pós-Graduação em Microbiologia, Área de Concentração ?Microbiologia?, nos níveis de Mestrado e Doutorado, na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Campus de Jaboticabal - UNESP.

Ler 1255 vezes