Tratamento Anaeróbio de Resíduos Orgânicos

Ementa

  • Fundamentos de controle de poluição ambiental;
  • Introdução ao tratamento de resíduos orgânicos líquidos e sólidos;
  • Introdução ao tratamento anaeróbio de resíduos orgânicos líquidos e sólidos
  • Microbiologia e bioquímica da digestão anaeróbia;
  • Cinética da digestão anaeróbia;
  • Fatores ambientais que interferem na digestão anaeróbia
  • Retenção de biomassa microbiana nos sistemas anaeróbios de tratamentos de resíduos orgânicos líquidos e sólidos;
  • Configurações e principais características de sistemas anaeróbios para tratamento de água residuárias;
  • Introdução ao projeto, partida e conrole operacional de reatores anaeróbios para tratamento de águas residuárias;
  • Configurações e principais características de sistemas anaeróbios para tratamento e disposição final de resíduos orgânicos sólidos e semi-sólidos;
  • Análise crítica e perspectivas da biotecnologia anaeróbia para tratamento de resíduos orgânicos líquidos e sólidos.

Bibliografia

  • ALVES, J.W.S., VIEIRA, S.M.M. Inventário nacional de emissões de metano gerado pelos resíduos no Brasil. São Paulo: CETESB, 1998. 89p.
  • APHA, AWWA, WPCF. Standard methods for the examination of water and wastewater. 19.ed., Washington D.C.: American Public Health Association, 1995. 953p.
  • BAILEY, J.E., OLLIS, D.F. Biochemical engineering fundamentals. 2.ed., Singapore: McGraw-Hill International Editions, 1986. 984p.
  • BASTOS, R.K.X. (Coord.) Utilização de esgotos tratados em fertirrigação, hidroponia e piscicultura.. Rio de Janeiro: ABES, Rima, 2003. 253p.
  • BIDONE, F.R.A. & POVINELLI, J. Conceitos básicos de resíduos sólidos. São Carlos: EESC/USP, 1999. 109p.
  • BRASIL. Fundação Nacional de Saúde. Manual de Saneamento. 3a ed., Brasília: FUNASA, 2006. 407p.
  • BRASIL. Ministério do Meio Ambiente, Conselho Nacional de Meio Ambiente. Classificação dos corpos de água, diretrizes ambientais para o seu enquadramento, e condições e padrões de lançamento de efluentes (Resolução no 357), 2005.
  • CAMPOS, J.R. (Coord.) Tratamento de esgotos sanitários por processo anaeróbio e disposição controlada no solo. Rio de Janeiro: ABES, 1999. 433p.
  • CASSINI, S.T. (Coord.) Digestão de resíduos sólidos orgânicos e aproveitamento do biogás. Rio de Janeiro: ABES, Rima, 2003. 196p.
  • CETESB. Relatório de qualidade das águas interiores do Estado de São Paulo - 2005. São Paulo: CETESB, 2006 (CD).
  • CHERNICHARO, C.A. de L. Reatores anaeróbios. Belo Horizonte: DESA-UFMG ? Universidade Federal de Minas Gerais, 1997. 245p.
  • CHERNICHARO, C.A. de L. (Coordenador) Pós-tratamento de efluentes de reatores anaeróbios. Belo Horizonte: Projeto Prosab - Finep, 2001. 544p.
  • CHERNICHARO, C.A. de L. (Coordenador) Pós-tratamento de efluentes de reatores anaeróbios: aspectos metodológicos. Belo Horizonte: Projeto Prosab - Finep, 2001. 107p.
  • FERRY, J.G. (Editor). Methanogenesis: ecology, physiology, biochemistry & genetics. New York: Chapman & Hall, 1993. 536p.
  • GONÇALVES, R.F. (Coord.) Desinfecção de efluentes sanitários. Rio de Janeiro: ABES, Rima, 2003. 422p.
  • GRADY JR., C.P.L., DAIGGER, G.T., LIM, H.C. Biological wastewater treatment. New York: Marcel Dekker, 1999. 1076p.
  • HENZE, M., HARREMOÉS, P., JANSEN, J.L.C., ARVIN, E. Wastewater treatment: biological and chemical processes. 2.ed., Berlin Heidelberg: Springer Verlag, 1997. 383p.
  • MALINA, J.F., POHLAND, F.G. Design of anaerobic processes for the treatment of industrial and municipal wastes. Lancaster: Technomic Publishing Co., 1992. 214p.
  • MATA-ALVAREZ, J. Biomethanization of the organic fraction of municipal solid wastes. London: IWA Publishing, 2003. 323p.
  • METCALF & EDDY. Wastewater Engineering: treatment and reuse. 4.ed. New York-USA., McGraw-Hill Book Co., 2003. 1819p.
  • NOVOTNY, V. Water Quality: diffuse pollution and watershed manegement. 2nd ed., New Jersey: John Wiley & Sons, 2003. 864p.
  • SANTOS, M. de L.F. dos (Coord.) Tratamento e utilização de esgotos sanitários. Rio de Janeiro: ABES, 2006. 403p.
  • SPEECE, R.E. Anaerobic biotechnology for industrial wastewaters. Nashville: Archae Press, 1996. 394p.
  • SPERLING, M.V. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos. Belo Horizonte: DESA-UFMG ? Universidade Federal de Minas Gerais, 1995. 240p.
  • SPERLING, M.V. Princípios básicos do tratamento de esgotos. Belo Horizonte: DESA-UFMG ? Universidade Federal de Minas Gerais, 1996. 211p.
  • TCHOBANOGLOUS, G., THEISEN, H., VIGIL, S. Integrated solid waste management: engineering principles and management issues. Singapore: McGraw-Hill, Inc., 1993. 978 p.
  • TYAGI, R.D., VEMBU, K. (Ed.) Wastewater treatment by immobilized cells. Boca Raton: CRC Press, 1990. 281 p.
  • VAN HAANDEL, A.C., LETTINGA, G. Anaerobic sewage treatment ? a practical guide for regions with a hot climate. Chichester: John Wiley & Sons, 1994. 226p.
  • WATER SCIENCE & TECHNOLOGY; Anaerobic Digestion X. London: IWA Publishing, v.52, n.1-2, 2005. 570 p.
  • WATER SCIENCE & TECHNOLOGY; Anaerobic digestion: consolidated technology and new chalenges. London: IWA Publishing., v.44, n.4, 2001. 314 p.
  • WATER SCIENCE & TECHNOLOGY; Anaerobic digestion for sustainable development.. London: IWA Publishing., v.44, n.8, 2001. 178 p.
  • ZEHNDER, A. (Ed.) Biology of anaerobic microorganisms. New York: John Wiley & Sons, 1988. 870 p.

Informações adicionais

Ler 751 vezes