KARINA MAIA DABBAS

Possui graduação em Ciências Biológicas com Modalidades Médicas pelo Centro Universitário Barão de Mauá (1999), mestrado em Microbiologia Agropecuária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004) e doutorado em Microbiologia Agropecuária pela Universidade Estadual Paulista - Júlio de Mesquita Filho (2009). Atualmente faz Pós-doutorado na Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho.

Informações adicionais

  • Orientador(a):
  • Data da defesa: Mestrado: 28/02/2004 / Doutorado: 19/02/2009
  • Título do Trabalho: Mestrado: IDENTIFICAÇÃO DE GENES DIFERENCIALMENTE EXPRESSOS EM CANA-DE- AÇÚCAR INOCULADA COM Xanthomonas albilineans, O AGENTE CAUSAL DA ESCALDADURA DA FOLHA  

    Doutorado: PERFIL DE EXPRESSÃO GÊNICA DE CANA-DE-AÇÚCAR SUBMETIDA A ESTRESSE BIÓTICO COM XANTHOMONAS ALBILINEANS
  • Arquivo PDF: Mestrado: Disponível apenas na Biblioteca da FCAV-UNESP
    Doutorado: Acesse Aqui!
  • Currículo Lattes: Acesse Aqui!
  • Banca Examinadora: Doutorado:

     
    Co-orientador:MARCELO LUIZ DE LAIA
    UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC/LAGES
    Participante:CRISTINA LACERDA SOARES PETRAROLHA SILVA
    FEIS - UNESP/ILHA SOLTEIRA
    Participante:ELIANA GERTRUDES DE MACEDO LEMOS
    FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E VETERINÁRIAS - UNESP/JABOTICABAL
    Participante:HAROLDO ALVES PEREIRA JUNIOR
    FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO - USP/RIBEIRÃO PRETO
    Participante:LUCIANA ROSSINI PINTO
    INSTITUTO AGRONÔMICO DE CAMPINAS - IAC/RIBEIRÃO PRETO
  • Perfil no Linkedin: -
  • Atuação Profissional:

    Universidade Estadual Paulista - Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil

    Vínculo institucional

    2005 - Atual Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Colaborador
    Outras informações: PROJETO:Expressão gênica diferencial em cana-de-açúcar submetida a estresses bióticos e abióticos. Descrição: O projeto reflete a linha de pesquisa atualmente em desenvolvimento no laboratório, a qual agrega vários pesquisadores e alunos de graduação, de pós-graduação. Dentro deste contexto a nossa proposta é de: a) analisar o perfil temporal de expressão gênica em palmitos de cana-de-açúcar submetida ao déficit hídrico, visando a identificação de prováveis genes envolvidos na resposta e/ou resistência a este tipo de estresse abiótico. Membranas de alta densidade (macroarranjo) serão confeccionadas com ESTs (Etiquetas de sequências expressas) que representam genes participantes de vias metabólicas que podem estar envolvidas na resposta ao estresse hídrico. As membranas serão hidridadas com sondas de cDNAs obtidas a partir de RNA total de tecido de palmito de cana-de-açúcar (SP80-3280) crescidas em casa-de-vegetação, e submetidas a estresse hídrico com suspensão de rega por 1,5,9,13 e 17 dias. Como controle serão utilizadas palmito de plantas crescidas em casa-de-vegetação sem suspensão de rega. Os genes identificados pela hidridação com os diferentes cDNAs serão sequenciados e comparados aos bancos de dados internacionais para sua identificação e categorização. b) Analisar, pela técnica de macroarranjo, o perfil temporal de expressão gênica no tecido foliar de plântulas (in vitro) de cana-de-açúcar (variedades resistente e suscetível) durante a infecção por Xanthomonas albilineas. As plantas inoculadas serão mantidas num laboratório de segurança concebido especialmente para a manipulação e inoculação de Xanthomonas em plantas hospedeiras, localizado nas dependências do Laboratório de Bioquímica e Biologia Molecular (LBM/UNESP/JABOTICABAL) Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPQ (Auxílio financeiro)Processo nº: 308075/2004-8
Ler 308 vezes