FABRÍCIO JOSÉ JACIANI

Possui graduação em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário de Araraquara (2005), mestrado (2008) e doutorado (2012) em Microbiologia Agropecuária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Biologia Molecular de Microrganismos, atuando principalmente nos seguintes temas: interação patógeno-hospedeiro, cancro cítrico, citros, diversidade genética e Xanthomonas citri subsp. citri.

Informações adicionais

  • Orientador(a): Mestrado: MARIA INÊS TIRABOSHI FERRO

  • Data da defesa: Mestrado: 28/02/2008 / Doutorado: 01/01/2012
  • Título do Trabalho: Mestrado: DIVERSIDADE GENÉTICA DE ESPÉCIES DE XANTHOMONAS PATOGÊNICAS A CITROS BASEADA EM GENES AVR E LEUCINE RICH PROTEIN

    Doutorado: DIVERSIDADE GENÉTICA DE Xanthomonas citri SUBSP. 
    citri, CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR E PATOGÊNICA DE 
    Xanthomonas fuscans SUBSP. aurantifolii E DETECÇÃO DE 
    Xanthomonas alfalfae EM CITRUMELO ‘SWINGLE’ (Citrus 
    paradisi Macf. x Poncirus trifoliata L. Raf.) NO BRASIL


  • Arquivo PDF: Acesse Aqui!
  • Currículo Lattes: Acesse Aqui!
  • Banca Examinadora: Mestrado:

    Co-orientador:JOSÉ BELASQUE JUNIOR
    FUNDO DE DEFESA DA CITRICULTURA - FUNDECITRUS/ARARAQUARA
    Participante:JOÃO MARTINS PIZAURO JUNIOR
    FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E VETERINÁRIAS - UNESP/JABOTICABAL
    Participante:JULIO CEZAR FRANCO DE OLIVEIRA
    UNIFESP/DIADEMA - UNIFESP/DIADEMA
  • Perfil no Linkedin: -
  • Atuação Profissional:
    Fundo de Defesa da Citricultura, FUNDECITRUS, Brasil

    Vínculo institucional
    2004 - 2006 Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40
    Atividades
    1/2004 - 3/2006 Estágios Estágio realizado: bacteriologia. 

    Projetos de pesquisa
    2007 - 2010 Diversidade de genes avr e leucin rich protein de Xanthomonas axonopodis pv. citri, agente causal do cancro cítrico - Projeto FAPESP 2007/01431-4 Descrição: O avanço tecnológico ocorrido nas últimas décadas tem permitido a geração de informações relevantes acerca do material genético de inúmeros microrganismos. O estudo da diversidade genética de um patógeno vegetal pode fornecer subsídios no conhecimento da sua interação com o hospedeiro, no estabelecimento de hipóteses a respeito da sua história evolutiva e na definição de estratégias de controle, entre outros. O cancro cítrico é uma das principais doenças da cultura dos citros. Em razão da sua presença no Brasil desde 1957 há uma campanha de erradicação do patógeno e, dentre outras medidas, estratégias de exclusão e erradicação são aplicadas em diferentes escalas. Seu agente causal, Xanthomonas axonopodis pv. citri (Xac), é uma bactéria gram negativa, aeróbia, de formato tipo bastonete com um flagelo polar, capaz de induzir sintomas em praticamente todas as espécies de Citrus, além de outros gêneros da família Rutaceae. O estudo de patógenos bacterianos geneticamente similares (populações clonais), objetivando a caracterização da estrutura genética da população, tem sido feito para patógenos humanos e vegetais por Southern blot empregando-se como sondas seqüências de inserção ou genes avr. Como melhores exemplos da aplicação dessa técnica têm-se os estudos realizados com X. oryzae pv. oryzae, X. pv. mangiferaeindicae e X. axonopodis pvs. citri e manihotis. A caracterização molecular de isolados de Xanthomonas patogênicos em citros tem sido feita objetivando, preferencialmente, a diferenciação dos patovares existentes. Mais recentemente, a genotipagem de uma coleção mundial de isolados de Xac por BOX (BOX elements) e ERIC-PCR (enterobacterial repetitive intergenic consensus) permitiu uma relativa caracterização de grupos genéticos e separou parcialmente isolados distantes geograficamente, como os originários da Ásia e América, e também os com patogenicidade diferenciada. Outra adequada caracterização da estrutura genética de Xac foi realizada por Southern blot, empreg.
    Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
    Integrantes: Fabricio José Jaciani / José Belasque Júnior - Coordenador / - Integrante.
    Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Ler 743 vezes